Marketing para Advogados

Escola na Alemanha usa robô para alunos assistirem às aulas em casa enquanto estão doentes

Por Equipe G. Gospel em 14/01/2022 às 16:07:26
Dispositivo tem câmera, microfone e alto-falante para permitir interação entre estudantes. Robô é usado em sala de aula para "substituir" aluno que ficou doente

Uma escola na Alemanha adotou um robô para alunos que estão doentes conseguirem acompanhar às aulas em casa. O dispositivo é colocado em cima de uma mesa e transmite em tempo real o que está sendo ensinado.

Compartilhe essa notícia no WhatsApp

Compartilhe essa notícia no Telegram

O robô tem câmera e microfone para captar o conteúdo da aula, enquanto o que é dito pelo estudante que está em casa é reproduzido por meio de um alto-falante.

Um dos beneficiados pela iniciativa é Joshua Martinangeli, aluno de 7 anos da escola Pusteblume-Grundschule, em Berlim. A mãe dele, Simone Martinangeli, explicou à agência Reuters que ele não pode comparecer às aulas porque fez uma traqueostomia.

De sua casa, Joshua acompanha as aulas por meio de um tablet, onde pode conversar com sua professora e colegas de sala. No aplicativo instalado no aparelho, também é possível mover a câmera do robô para ver outras coisas em sala de aula.

CES 2022: garçons robôs e carros que mudam de cor são novidades da feira de tecnologia

Ameca, robô humanoide que impressiona pelas expressões, 'conversa' com o público

O aparelho é financiado pelo conselho local do distrito de Marzahn-Hellersdorf, em Berlim. O órgão comprou quatro robôs para as escolas da região e pretende discutir a compra de mais dispositivos em nível estadual.

"O impulso foi a Covid-19, mas acho que esse será o futuro muito além da pandemia", disse o conselheiro distrital de educação Torsten Kuehne

"De vez em quando, por várias razões, uma criança não pode ir à aula pessoalmente. Então, o avatar pode dar a essa criança a chance de continuar fazendo parte da comunidade escolar", explicou Kuehne.

Robô é usado em sala de aula para "substituir" aluno que ficou doente

Reuters/Hannibal Hanschke

Fonte: G1

Comunicar erro
Marketing para Advogados_2

Comentários

Supletivo_01 - Local 3