Marketing para Advogados

Jovem diz que desejou a própria morte após abandonar Jesus por causa de relacionamento afetivo

Eliana abandonou o Senhor Jesus por algo que quase a destruiu.

Por Equipe G. Gospel em 31/10/2021 às 14:05:09

Eliana, de 37 anos, sofreu com vários problemas desde criança. Além de ter a saúde debilitada, ela via vultos, ouvia vozes e desejava o suicídio: "eu sofria demais e estava sempre dentro de um hospital". Foi nessa época que ela e sua mãe conheceram a Igreja, encontraram a Deus e se libertaram dos problemas. Eliana passou a fazer parte do grupo de jovem e, sempre querendo servir, foi levantada a obreira. "Eu vivia uma santidade total e tinha um relacionamento com Deus", lembra.

Outro relacionamento

Depois de alguns anos, Eliana iniciou um namoro "secreto". Ela não comunicou o seu pastor nem qualquer outra pessoa antes de dar os próximos passos. Ela se casou e se afastou definitivamente da Igreja: "eu já não queria mais saber das coisas de Deus".

Em vez de conhecer melhor a Deus, Eliana se dedicou a conhecer o mundo com seu esposo. Mesmo depois que ele foi preso, ela seguiu sofrendo: "saí de um sonho para um pesadelo. Eu não tinha noção de como era o mundo e acabei fazendo visitas para o meu marido na cadeia".

Eliana permaneceu nesta vida durante três anos, até perceber que seu marido era irrecuperável. Ela rompeu o casamento, mas passou a frequentar festas e baladas; passou a beber, a fumar e a se envolver com outras pessoas.

"Eram coisas ruins que estavam despertando dentro de mim e eu caí na prostituição."

Marketing para Advogados_Entre


Da morte à Nova vida

Eliana desenvolveu depressão e desejava se matar. Apesar de tomar remédios controlados e fazer terapia, nada preenchia seu vazio interior: "eu não sabia o que fazer. Minha alma gritava por alívio, mas eu não o encontrava".

Foi nessa situação desesperadora que Eliana voltou para os braços do Senhor: "cheguei muito envergonhada, pois, durante 13 anos, não coloquei meus pés na Igreja". Ela passou a buscar a Salvação e Deus passou a cuidar de sua vida. Ela cuidou de suas feridas, curou suas mágoas e mudou sua realidade. "Cheguei cheia de complexos. Eu tinha medo do julgamento das pessoas, mas busquei a Deus e Ele me recebeu e me salvou."

Eliana relata que se livrou do passado, se batizou nas águas e recebeu o Espírito Santo: "nunca tive um dia tão especial em toda a minha vida. Nem meu casamento nem o nascimento das minhas filhas foram tão importantes quanto o dia em que a Presença de Deus invadiu o meu ser. Arrependo-me de ter deixado o Senhor Jesus, mas hoje Ele está em primeiro lugar na minha vida".

Comunicar erro
Marketing para Advogados_2

Comentários

Supletivo_01 - Local 3