EJA 1
CMVR_Setembro_2021

Bilionário se torna astronauta em voo de dez minutos

Por Equipe G. Gospel em 20/07/2021 às 19:21:51

O homem mais rico do mundo, o fundador da Amazon.com, Jeff Bezos, realizou o sonho de sua vida nesta terça dia 20 de julho de 2021. Bezos se tornou astronauta ao subir até uma altitude de 107 quilômetros a bordo da cápsula espacial RSS First Step junto com três passageiros. Ao contrário do avião espacial VSS Unity da Virgin Galactic, a First Step não leva pilotos, apenas quatro passageiros e o voo foi todo automático, controlado por computadores. Tudo funcionou perfeitamente e a cápsula, impulsionada por um foguete New Shepard atingiu uma velocidade de 2200 milhas horárias, antes de começar a cair em sua trajetória parabólica. O pouso, sustentado por paraquedas aconteceu no deserto do Texas, a poucos quilômetros da plataforma de lançamento.

Bezos é o segundo bilionário a ir ao espaço em uma nave construída por sua própria empresa. O primeiro foi o inglês Sir Richard Branson, que chegou a 86 quilômetros de altura a bordo do seu avião aeroespacial no dia 11 de julho. O voo de Bezos coincidiu com o aniversário da chegada da Apollo 11 na Lua, em julho de 1969 e com a data de nascimento de Alberto Santos Dumont, o nosso pai da aviação. Bezos viajou para o espaço na companhia de seu irmão, da aviadora veterana Wally Funk, de 82 anos de idade e do estudante holandês Oliver Daemen. Funk se tornou a pessoa mais velha a participar de um voo espacial. E Daemen, com 18 anos de idade, é o mais jovem de todos os astronautas.

Uma pessoa recebe o título de astronauta se voar acima de 80 quilômetros de altura. Isso pelos padrões da agência espacial americana Nasa. Na Europa, para ser considerado astronauta é preciso fazer um voo acima da linha de Karman, que fica a 100 quilômetros de altura. Jeff Bezos e seus passageiros se qualificaram das duas maneiras já que sua cápsula espacial chegou a 107 quilômetros acima da superfície da Terra.

O foguete New Shepard, foi batizado em homenagem ao astronauta Allan Shepard, o primeiro americano a ir ao espaço. Shepard fez um voo suborbital na cápsula Mercury Liberdade 7, que atingiu uma altura de 187 quilômetros no dia 5 de maio de 1961. Uma comparação entre o voo da Liberdade 7 e da cápsula de Bezos mostra o progresso extraordinário ocorrido no campo da astronáutica nas últimas seis décadas. Shepard embarcou em sua cápsula Mercury usando um traje totalmente pressurizado, com um capacete branco totalmente hermético. Já Jeff Bezos e seus companheiros de aventura usaram um macacão comum e com a cabeça totalmente descoberta devido a confiabilidade do sistema de pressurização da First Step. Como típico texano, Bezos fez o voo usando um chapéu de cowboy. Fazendo juz ao título de cowboy do espaço.

O foguete que lançou a Liberdade 7, há mais de 60 anos, caiu no mar e não foi recuperado. Já o New Shepard fez um pouso perfeito em sua plataforma de lançamento e poderá ser usado novamente. É a nova tecnologia dos foguetes e naves reutilizáveis, que já esta baixando o custo das viagens espaciais, tornando-as acessíveis a empresas particulares. A Liberdade 7 desceu no oceano, perto das ilhas Bahamas e foi preciso mobilizar uma esquadra de navios, liberados pelos porta-aviões Lake Champlain para recuperar a cápsula e seu único ocupante. Já a nave do Jeff Bezos desceu no deserto a poucos quilômetros da plataforma de lançamento e bastou algumas vans para receberem os novos astronautas.

O próximo passo na aventura do turismo espacial são os voos orbitais. Onde a nave entra em órbita ao redor da Terra e fica lá em cima durante semanas. Mas esta corrida já foi vencida por outro bilionário, Elon Musk, cuja nave Dragon já leva astronautas da Nasa para a estação espacial internacional em voos regulares.

Por Jorge Luiz Calife

Fonte: Diário do Vale

Comunicar erro
Supletivo_01 - Local 2

Comentários

Supletivo_01 - Local 3