"Você não deve continuar debaixo de uma liderança abusiva", diz Abe Huber

Por Equipe G. Gospel em 06/07/2024 às 10:59:52

O pastor Abe Huber criticou líderes abusivos e aconselhou como os cristão devem lidar com lideranças tóxicas, em entrevista ao Guiame, durante a Expoevangélica 2024, em Fortaleza, na quarta-feira (3).

"Tem tido muitas lideranças abusivas, tóxicas, que têm oprimido o povo de Deus", disse Huber.

"Nunca fique tolerando isso. Se o líder for abusivo procure, com muito carinho e respeito, confrontá-lo. Caso ele se corrija, maravilha. Se ele não se corrigir, tem que falar com o líder dele. Se a liderança sobre ele também não resolver a situação, o certo é não ficar e procurar outro lugar", orientou.

Ele lembrou que a Bíblia condena líderes espirituais que maltratam seus liderados. "O próprio apóstolo Paulo, inspirado pelo Espírito Santo, chamou a atenção da igreja que estava escrevendo a carta: "Vocês estão tolerando quem os esbofeteia, quem os abusa, vocês não podem tolerar isso". Não é para tolerar, e a própria Bíblia, em 1 Pedro 5 fala que é proibido o pastor ser um dominador das ovelhas", ressaltou Aber.

E afirmou: "Devemos procurar dar a chance, mas se a liderança não se corrige, você não deve continuar debaixo de uma liderança tóxica, abusiva".

Assista a entrevista completa:

Pequenos grupos

O pastor observou que os pequenos grupos, como as células, são ambientes propícios para lideranças abusivas se desenvolverem e oprimirem os membros, caso não sejam bem orientados.

"É um ambiente perigoso se a liderança da célula acha que ele é o dono da ovelha, é uma coisa tão feia", criticou Huber.

"Às vezes não é o pastor, é um líder que é tóxico. Então, eu sempre falo para os pastores e líderes de pequenos grupos: "Você não é dono da ovelha, você está lá para servir a ovelha, para lavar os pés dela. Você deve cuidá-la, amá-la e deve até receber correções dela, porque ela vai falar sobre coisas que é ponto cego na sua vida, muitas vezes"".

O pastor lembrou que os líderes também devem aprender com seus liderados. "Eu tenho aprendido muito com os membros. Temos que ter honestidade para aprender com os nossos liderados. O líder que for assim, que ama e cuida, a igreja vai crescer, e crescer com saúde. Ovelha sadia sempre dá muita cria, então vai multiplicar", garantiu.

Como identificar uma igreja saudável

Abe Huber ainda explicou como identificar uma igreja saudável para escolher congregar. Segundo ele, o primeiro passo é analisar a liderança.

"É uma liderança única, que não presta conta para ninguém? Às vezes o pastor é o "papa" da situação, não há um líder de verdade sobre ele, isso é muito perigoso, porque quem anda sozinho, vai cair, ou até já caiu, mas ninguém descobriu ainda", alertou ele.

O pastor aconselhou a não escolher a igreja pela sua "aparência" e "só porque [o pastor] prega bonito no YouTube".

"Mas tem veneno na panela que vai afetar. Às vezes, ele já está na quarta esposa, tem um histórico de usar as finanças da igreja de uma forma indevida, não presta contas para ninguém, é ganancioso, vive uma vida de ostentação", exemplificou Huber.

Ele incentivou os cristãos a cuidarem para não serem enganados por falsos pastores.

"Tem que ter muito cuidado, é bom ter esse filtro. Pastor que não gosta de ovelha que cheque ou que chama a atenção, é porque é um pastor muito errado e não quer ser descoberto ou ele é muito inseguro", avaliou.

Fonte: Guia Me

Comunicar erro
Consultoria

Comentários

Marketing para Advogados_2