Missão dos EUA serve 50 mil refeições às vítimas das enchentes no RS

Por Equipe G. Gospel em 01/06/2024 às 06:22:36

Uma missão dos Estados Unidos já serviu quase 50 mil refeições às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul.

Uma equipe da Operation Blessing, a agência humanitária do canal cristão CBN News, veio ao RS com suprimentos, para ajudar em meio à calamidade.

Enquanto a água da inundação baixa nas cidades atingidas, os moradores lutam para reconstruir o que perderam.

"Semanas depois do desastre ter acontecido e das inundações terem atingido toda esta área, as famílias perderam tudo, até mesmo a esperança", relatou Diego Traverso, que atua na Operation Blessing, em entrevista à CBN News.

Até agora, a missão já distribuiu refeições quentes a quase 50 mil pessoas, centenas de lâmpadas solares e água potável.

"Estamos] fazendo parceria com a igreja local e com ONGs locais. Estamos distribuindo alimentos, produtos de higiene e cobertores. Temos famílias aqui fazendo fila durante horas para receber o que a Operation Blessing está trazendo para elas", relatou Diego.


A Operation Blessing está distribuindo alimento, água e lâmpadas solares. (Foto: Operation Blessing).

Rosângela, uma moradora beneficiada, afirmou que o auxílio da agência tem sido uma bênção.

"As coisas essenciais de que precisamos são comida e água", observou ela. E destacou: "Me sinto abençoada por Deus por ter essas coisas e ver as pessoas ajudando umas às outras assim, ver todo mundo ajudando é uma benção".

MENTORIA EMPRESAS


Além da ajuda humanitária, a missão americana também está compartilhando a esperança e o amor de Jesus aos afetados.

"Ainda estamos muito comprometidos em estar aqui, em ser um raio de esperança em nome de Jesus para eles", declarou Diego.


A Operation Blessing está distribuindo alimento, água e lâmpadas solares. (Foto: Operation Blessing).

Risco de surtos de doenças

Após as cheias, as autoridades locais estão alertando para o risco de surtos de doenças transmitidas pela água, como leptospirose.

"Temos recebido alguns pacientes com sintomas de possível leptospirose", informou Carla Silvestre, porta-voz da Força Aérea Brasileira.

"Já tivemos vários casos de gastroenterite, a hepatite A também é muito comum. Há uma série de doenças infecciosas com as quais podemos entrar em contato através da água contaminada", acrescentou.

Com mais de 3 mil hospitais, clínicas e farmácias atingidos pelas enchentes, o acesso à saúde se tornou mais difícil no RS.

A Blessing auxiliou na preparação de locais seguros que vão servir de clínicas improvisadas, onde médicos voluntários atenderão doentes e feridos.


Fonte: Guia Me

Comunicar erro
Consultoria

Comentários

Tapete Personalizado
Marketing para Advogados_2