CMVR - Fevereiro 2024

Homem que matou companheira a facadas e esfaqueou enteada é condenado a 43 anos de prisão

Crime aconteceu em 2021, em Paraty.

Por Equipe G. Gospel em 07/12/2023 às 21:35:25

Justiça fixou o pagamento de verba indenizatória mínima no valor de R$ 50 mil à vítima sobrevivente por danos morais sofridos. A Justiça condenou a 43 anos de prisão em regime fechado um homem que matou a companheira a facadas e esfaqueou a enteada em Paraty (RJ). A decisão foi divulgada na noite desta quinta-feira (7).

O crime aconteceu em 2021. Segundo o Ministério Público do Estado do Rio (MPRJ), o homicídio foi cometido na presença da filha da vítima, que tinha cinco anos na época. A menina, mesmo depois de ferida, conseguiu fugir e buscar socorro.

Tapete Personalizado

Ainda de acordo com o MP, o assassinato foi cometido por "motivo torpe, recurso que dificultou a defesa da vítima, e por razões de gênero, praticado em contexto de violência doméstica e familiar contra a mulher".

A Justiça fixou o pagamento de verba indenizatória mínima no valor de R$ 50 mil à vítima sobrevivente por danos morais sofridos.

"Violência doméstica trata-se de uma mazela social, em que o homem acaba se sobrepondo por meio do uso da força física e psicológica, trazendo na vítima verdadeira noção de inferioridade, o que acaba por violar direito da personalidade e, mormente a dignidade da pessoa humana", destacou a sentença.


MENTORIA EMPRESAS


Fonte: G1

Comunicar erro
Consultoria

Comentários

Marketing para Advogados_2