CMVR - Fevereiro 2024

Jovens são expostas ao sol por 3 horas como punição por irem à igreja na Nigéria

Por Equipe G. Gospel em 24/11/2023 às 13:36:08

Cinco jovens na Nigéria enfrentaram punições depois que policiais descobriram que elas estavam indo à igreja.

Recentemente, a polícia islâmica (Hisbah), responsável pela aplicação da lei Sharia (lei islâmica) no noroeste do país, assediou e impediu cinco meninas cristãs de irem à igreja no estado de Kano.

Segundo o International Christian Concern (ICC), enquanto estavam a caminho da Igreja Evangélica Winning All (ECWA), a polícia de Hisbah as deteve e pediu que se vestissem como muçulmanas.

As cristãs se recusaram, e nesse momento, um dos policiais informou que elas seriam punidas se fossem à igreja. Mesmo com as ameaças, elas foram ao culto. Então, após a reunião, elas foram expostas ao sol por três horas.

Mary, uma das cinco vítimas, relatou ao ICC que as autoridades disseram que as puniram porque "Israel está matando as nossas irmãs em Gaza. Se quisermos, mataremos você também".

Tapete Personalizado

A perseguição aos cristãos nigerianos

O International Centre for Investigative Reporting ("Centro Internacional de Reportagem Investigativa") divulgou recentemente um relatório e citou o assédio por parte da polícia Hisbah a cristãos, que na maioria dos casos, são mulheres.

Na Nigéria, os líderes cristãos continuam sofrendo com a perseguição na cidade de Kano. De acordo com o ICC, muitas vezes eles perdem o direito às vagas de emprego, e só recebem novas propostas se negarem a Jesus.

A perseguição em curso nas cidades Sokoto, Kebbe, Zaria e Katsina, assim como no estado de Zamfara, muitas vezes também não é denunciada pela população ser de minoria cristã.


Fonte: Guia Me

Comunicar erro
Consultoria

Comentários

Marketing para Advogados_2