CMVR - ABRIL/24

Esse braço robótico é flexível como um tentáculo de polvo! Veja como funciona

Por Equipe G. Gospel em 31/10/2023 às 01:18:27

Composição do modelo

O modelo é composto por atuadores elétricos que percorrem o seu núcleo, interligados por conectores flexíveis. Em torno desse núcleo, existe uma estrutura de malha aberta, na qual os elementos de polímero são dispostos em uma configuração helicoidal (algo que lembra uma hélice).

Em outras palavras, através do corte estratégico desses elementos em diferentes partes da estrutura, foi possível ajustar o grau de flexão e deformação em diferentes direções.

Dessa forma, a equipe conseguiu tornar o braço macio e flexível o suficiente para não colocar nenhum ser humano em risco. Ao mesmo tempo, a estrutura consegue proteger seus atuadores e outros componentes eletrônicos internos contra impactos.

(Imagem:EPFL/Alain Herzog)

Áreas de atuação

Por causa da flexibilidade e da praticidade, os desenvolvedores acreditam que o braço seria ideal para tarefas como colheita de frutas, trabalhos agrícolas, trabalhos em linhas de montagem e até cuidado com idosos.

Quando a nova arquitetura é combinada com a atuação distribuída, — onde múltiplos atuadores são colocados ao longo de uma estrutura ou dispositivo — este braço robótico tem uma ampla gama de movimentos, alta precisão e é inerentemente seguro para interações com seres humanos.

Professora Josie Hughes, da EPFL, e líder do projeto.

A tecnologia do braço está sendo comercializada por meio da empresa global Helix Robotics, do Texas.

Fonte: Agência EBC

Comunicar erro
Consultoria

Comentários

Tapete Personalizado
Marketing para Advogados_2