Consultoria Gratuita

5G puro deve chegar ao iPhone 12, 13 e SE (3ª geração) do Brasil em setembro

Por Equipe G. Gospel em 05/08/2022 às 15:11:03

Todos os modelos de iPhone 12 e 13 e SE (3ª geração) poderão funcionar com o 5G puro, lançado nesta semana em algumas cidades brasileiras, a partir de setembro deste ano. A promessa vem do ministro de Comunicações Fábio Faria, após reunião com a Apple nos Estados Unidos, mas a própria empresa da maçã ainda não comentou a data.

Com a chegada do 5G puro, como é chamada a tecnologia standalone (SA) deste tipo de conexão, em São Paulo e mais três capitais, além do Distrito Federal, muitos usuários de iPhone não notaram diferença desde a entrada da versão DSS e NSA da quinta geração de redes móveis. Tanto o iPhone 12 como o iPhone 13 e também o iPhone SE (3ª geração) são compatíveis com a novidade, mas o sistema operacional precisa de um pequeno ajuste para poder trabalhar com a nova frequência no Brasil.

Leia também

Em visita aos Estados Unidos, o ministro de Comunicações Fábio Faria afirma que em reunião com executivos da Apple, recebeu o mês de setembro como momento para o lançamento deste update para o iOS, que libera o acesso para as redes 5G SA que passaram a funcionar no Brasil.

iPhone 13 Pro Max é compatível com 5G puro (SA) (Imagem: Mario Kurth/Olhar Digital)
iPhone 13 Pro Max é compatível com 5G puro (SA) (Imagem: Mario Kurth/Olhar Digital)

O que diz a Apple sobre o iPhone no 5G puro

Este momento encaixa exatamente no período esperado para o lançamento do iOS 16, anunciado pela Apple em junho deste ano e que tende a estar presente nos próximos modelos de iPhone – até então chamados de iPhone 14.

Ao Olhar Digital, a Apple disse que não comenta datas para lançamento de atualizações específicas. Atualmente todos os usuários de qualquer variante do iPhone 12, o iPhone SE (3ª geração) e também dos modelos de iPhone 13 podem usufruir de alguma melhoria na velocidade de conexão com o 5G DSS e "non standalone", ou NSA.

Alguns modelos de iPad também podem entrar na rede 5G, como é o caso do iPad Pro lançado em 2021, além do mais recente modelo para tablets da marca: o iPad Air (2022).

Estas tecnologias utilizam parte do que já está em operação para o 4G, mas não entregam a baixa latência prometida apenas pelo 5G puro, ou 5G SA. As operadoras garantem que a evolução neste ponto aproxima os smartphones ao que temos de qualidade em conexões de fibra óptica.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Fonte: Agência EBC

Comunicar erro
Marketing para Advogados_2

Comentários

Supletivo_01 - Local 3